ICONOGRAFIA DE CRISTO CONVERTIDO AO ISLAM SEGUNDO O MILENARISMO ISLÂMICO

A trajetória histórica da monarquia Portuguesa segue uma linha trina:

1) defesa da cristandade;

2) combate contínuo ao Islam;

3) reconquista de Jerusalém.

O tema do MILENARISMO, MESSIANISMO E PROFETISMO da Cultura Portuguesa estão diretamente conectados com a Missão que Portugal assume nas 3 linhas citadas, acrescentando uma quarta: o Quinto Império. Nenhum pais da Europa assumiu essa Missão para si. Não sem razão a maçonaria, os republicanos e os globalistas investiram sem dó nem piedade para destruir Portugal, abrindo campo ao Califado. Para além da Coroa Portuguesa igualmente a Ordem do Templo de Portugal e sua sucedânea legítima a Ordem de Cristo tinham o mesmo objetivo trino. Uma nova CRUZADA o Ocidente terá de fazer contra o Islam. Guiado por quem?

Mas, vamos ao que interessa. Segundo a profética e o milenarismo do Islam o Messias cristão (Cristo) no Fim-dos-Tempos se converterá ao Islam e passará a ser discípulo do IMÃ MAHDI ( o Messias do Islam), não sem antes condenar o cristianismo e a igreja. Para o Islam, O MAHDI já está entre eles desde 1979. A vinda do MAHDI presume que o Islam CONCRETIZE (FAÇA ACONTECER) o Apocalipse e para tanto, é preciso destruir precisamente 2 coisas: o ocidente cristão e Israel. A reconquista de Jerusalém é ponto nuclear nesse projeto.

Mas, quem se interessa pelo MILENARISMO ISLÂMICO? Os acadêmicos ocidentais e as igrejas ocidentais se encarregaram de lançar ao LIMBO os estudos sobre profética, messianismo e milenarismo condenando e criticando todo e qualquer estudo nesse sentido que não fosse estritamente cristão. Qual o interesse ou a inteligência (?!) estratégica de se desprezar o inimigo não estudando-o sob o argumento estúpido de que não é o MESSIAS cristão? Se os academicos e as igrejas tivessem estudado a fundo o MILENARISMO ISLÂMICO, O CALIFADO, O IMÃ MAHDI se tivessem ENSINADO e DIVULGADO aos alunos e fiéis certamente o cenário mundial sobre o perigo do Projeto do Califado seria outro. Mas, oras, a estupidez é mesmo desmedida. E sim, tanto os acadêmicos quanto as igrejas tinham a obrigação de esclarecer os estudantes e os fiéis dessas temáticas e se negaram peremptoriamente a fazê-lo sob argumentos diversos, todos cegos e manetas.

Agora, quando a Europa está destruída, quando Donald Trump nos EUA enfrenta o monstro, quando o Brasil segundo dados do Califado será totalmente convertido até 2050, quando o mundo ocidental está ruíndo resolveram como tiro de misericórdia “acordar” e “divulgar” a tragédia. O fato é que o projeto de extermínio da Cultura Ocidental foi tramada e colocada em curso com o silêncio, a omissão e a cumplicidade dos acadêmicos e das igrejas. O Islam ensina sobre o Ocidente aos seus fiéis como método e tática de guerra santa. Enquanto isso, o ocidental sonha que o Califado no fundo não será tão mal.

Abaixo 3 imagens referentes ao MILENARISMO ISLÂMICO:

1) O IMÃ MAHDI segue a frente numa procissão seguido do Cristo convertido ao Islam;

2) o MAHDI passa dentro de um oceano de cardeais que se curvam à sua passagem;

3) o APOCALIPSE/ARMAGEDON criado pelo Islam como guerra santa para purificar o mundo ocidental. Post do discurso do Sultão Nazim Al Haqqani.

 

28 de fevereiro de 2017

0 responses on "ICONOGRAFIA DE CRISTO CONVERTIDO AO ISLAM SEGUNDO O MILENARISMO ISLÂMICO"

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

topo
X