“INVENÇÕES” ÁRABES QUE MUDARAM O MUNDO

Alguns anos atrás sites ligados do Islam anunciavam que o Brasil seria completamente islâmico até 2100. Agora a data limite caiu para 2050. Tem havido uma propaganda maciça do Islam no Brasil. São Paulo tem sido o grande difusor, por razões óbvias, é o centro nervoso financeiro e intelectual do Brasil.

A guisa de exemplo, na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo o estande da FAMBRAS localizado na H80 mostrava várias curiosidades do mundo islâmico, suas invenções e contribuições: Astronomia, Aviação, Navegação, Óptica, Medicina, Engenharia. Ou seja, sob a perspectiva do Islam TODA a ciência ocidental é árabe. Por trás desta “nova perspectiva histórica” reside um presente mimoso que é o seguinte: pela lei da Sharia quando um muçulmano foi o descobridor/inventor/patrocinador, etc de um pais, de uma técnica, de uma ciência, etc, mesmo que aquele país, aquela técnica, etc sejam de outros povos o muçulmano TEM O DIREITO DIVINO de os tomar para si, obrigando à CONVERSÃO ao ISLAM. Isso é o que está por trás de toda a propaganda árabe que reinvindica para si “conquistas do ocidente”.

O que começa como uma mera “curiosidade” é na verdade uma ARMADILHA FATAL para o Ocidente cristão. Só cai na catequese do Islam o Ocidental tolo multiculturalista. O site da FAMBRAS merece ser visitado com frequência, tem coisas “primorosas” sendo gestadas por lá. Uma delas é uma modalidade de surf com o nome JIHAD. Islam é a religião da PAZ. Mas, o que significa PAZ para o Islam? Isso o ocidental desconhece completamente, porque o dia que vier a conhecer NUNCA mais vai pronunciar essa palavra julgando que a PAZ do Islam tem algo minimamente semelhante com a PAX cristã ou mesmo romana.

O multiculturalismo vai levar o Ocidente à total aniquilação.

 

Post original fonte da imagem destacada:

25 de fevereiro de 2017

1 responses on ""INVENÇÕES" ÁRABES QUE MUDARAM O MUNDO"

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

topo
X