• IMUB

A ESTÉTICA DO BELO NO IMUB – Loryel Rocha

Para a equipe do IMUB, a Estética é o plano onde encarna a BELEZA DIVINA.

A Sede do IMUB materializa a importância que damos à Memória, considerada uma das partes componentes da Retórica. A partir da teoria de que o Conhecimento é apreendido através dos sentidos e da formação de imagens com a Memória, relacionada à antiga “ars memorativa” criada pelos gregos, cultivamos uma grande preocupação no que concerne à composição de lugares BELOS com a Memória como atividade da Alma. Para nós, essa relação entre a Memória e a Imagem, deve refletir-se num ambiente BELO, onde o uso do elemento visual é ponto central.


Nesse sentido, somos barrocamente lusitanos porque toda nossa decoração e arquitetura são centrados na exploração do poder dos órgãos dos sentidos, dentre eles a visão, não só por dar consistência objectivável ao Conhecimento, funcionando como um estimulante para a Memória, permitindo a difusão de saberes e ideias silenciosas e Tradicionais.

O IMUB constitui-se como uma alternativa às certezas da cultura do efémero e movimento em direção a um erro cada vez menor.

Temos o luso horizonte por visão e norte.

Agimos no pressuposto que só a estética da imaginação garante ao gesto a condição de arte.

Aqui se cultiva o BEM, o BOM e o BELO.


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O PAPEL DE LULA NO CONTROLE DA ESQUERDA

Carlos Vereza (2006) no programa Jô Soares afirma uma verdade insofismável: “O Lula é uma cria da USP, das Comunidades Eclesiais de Base e do Gen. Golbery do Couto e Silva”. Confirma um dado important

A MAÇONARIA NO CÓDIGO DE DIREITO CANÔNICO DE 1917

A Maçonaria, lançada oficialmente, em 1717 nasce com uma tripla missão: derrubar a relação entre o Trono e o Altar e implantar a República Maçônica Universal.  Tal missão, em suma, visava simplesmente