“PARA SER CATÓLICO É PROIBIDO APOIAR OU SEGUIR: MAÇONARIA, COMUNISMO E ESPIRITISMO”

Me enviaram inbox o post abaixo pedindo para apoiar os cristãos na defesa da cristandade. Eu o farei dentro do meu campo de estudo. E o farei exatamente porque o post é de uma imbecilidade a toda prova e o que ele objetiva é uma FARSA. Por não compactuar com a FARSA é que falarei o que penso do post.

Antes, cabe 2 avisos: 1) O IMUB é especialista em ICONOGRAFIA E SIMBÓLICA, portanto, IMAGENS para mim FALAM e, MUITO; 2)
Acredito que a defesa da cristandade deva ser algo mais inteligente do que prega o post. Eu a estudo seriamente dentro do âmbito da cultura simbólica portuguesa uma vez que Portugal dentre todas as nações cristãs da Europa, desde o início de sua nacionalidade, tem um histórico contínuo e exemplar de defesa e salvaguarda da cristandade. Papel esse escamoteado e desprezado pela historiografia nacional e europeia.

Vamos lá.

O título do post e as 3 comparações que invoca nivelam duas organizações e movimentos seculares (maçonaria e comunismo) cujos objetivos e metas declarados e consabidos são destruir precisamente 2 coisas: a cultura ocidental e a igreja de Roma.
Acaso essa é ou foi a meta do espiritismo em algum momento da sua trajetória histórica? Dentro do espiritismo no Brasil alguém viu ou pode provar que viu Bezerra de Menezes, João de Almeida, Eurípedes Barsanulfo, Chico Xavier, João Berbel, João de Abadiânia, etc, pregarem a DESTRUIÇÃO DO OCIDENTE E DA IGREJA DE ROMA? Alguém pode provar que o espiritismo montou uma organização e um movimento político-econômico para consumar a DESTRUIÇÃO DO OCIDENTE E DA IGREJA DE ROMA?

Se ficar comprovado que essa é a meta do espiritismo que seja combatido até o extermínio completo, junto com seus adeptos celerados. Se não for, o mero nivelamento dos 3 transforma o espiritismo numa filosofia (pois é isso que ele é, uma filosofia e não uma religião) assassina. Portanto, a questão deve ser abordada de outro modo, ou não?

Por conseguinte há uma mastodôntica falta de discernimento no trato do assunto. Confundir ou misturar a mera disputa por hegemonia entre cada religião com ideologias assassinas é, no mínimo, estúpido. As religiões, TODAS, são ou pretendem ser, por natureza, universais. Mas, há diferenças qualitativas entre essa universalidade. Exemplo? O Islam é tão universal quanto o Cristianismo. No entanto, o Islam em nome dessa universalidade prega a MORTE ipsis literis de outras religiões e seus fiéis. O Cristianismo não prega a morte de pessoas de outras religiões. Ou seja, há diferenças qualitativas e quantitativas pela disputa da hegemonia universal entre as religiões. Faz parte do jogo e deve ser visto como natural. O que não faz parte é a matança, o que não faz parte do jogo e deve ser combatido é a existência de ideologias assassinas, sejam elas no âmbito religioso, político, cultural financeiro, etc.

Segundo dados da própria ONU há 5000 mil religiões no mundo. O que vamos fazer? Matar todos os seus fiéis em prol do cristianismo? Se for essa a proposta que diferença tem a universalidade cristã do islam? O cristianismo fala em CONVERSÃO nunca em MATANÇA. A sua universalidade é através da CONVERSÃO.

A filosofia espírita tem erros doutrinais sob a perspectiva católica? Sim, enormes. E daí? Mas, sob a perspectiva cristã, o judaísmo, o budismo, o xintoismo, o celtismo, o induísmo, o candomblé, etc, também tem. E daí? Religiões disputam hegemonia e universalidade. Isso é normal e faz parte do jogo. Mas, deliberada e maldosamente compará-las com ideologias assassinas é outra coisa. Isso é FARSA, é MENTIRA.

Há coisas que ultrapassam no nível da estupidez, este post é uma delas. Faria muito bem aos cristãos que focassem em combater e expulsar de dentro de suas igrejas os padres, freis, pastores, bispos, diáconos, fiéis comunistas e maçons. E mesmo esse combate feito dentro dos cânones de defesa e salvaguarda da cristandade não passa pela prática do ASSASSINATO, ou passa?

O proselitismo religioso cego e burro é cansativo, perigoso e improdutivo.

De antemão, aviso que jumento que disser que estou pregando multiculturalismo será deletado na hora.

Em 2017 decidi que terei tolerância zero com jumentos. Já estou cumprindo essa promessa dentro do canal do IMUB no YouTube. As pessoas que tiverem somente 1 neurônio dividido em 2 partes CONTRA ou A FAVOR é um jumento e, de saída, impedido de se pronunciar nesta página que é voltada para discussão acadêmica e reflexões sobre temas obscuros ou pouco conhecidos dentro do campo da CULTURA ORAL E SIMBÓLICA TRADICIONAL LUSO-AFRO-BRASILEIRA. Isso 1 neurônio não dá conta de fazer.

28 de fevereiro de 2017

0 responses on ""PARA SER CATÓLICO É PROIBIDO APOIAR OU SEGUIR: MAÇONARIA, COMUNISMO E ESPIRITISMO""

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

topo
X