top of page
  • Foto do escritorIMUB

NOSSA SENHORA DO LEITE

Nossa Senhora do Leite, Igreja Santa Maria dos Olivais, Thomar / Portugal


A Igreja de Santa Maria dos Olivais, localiza-se na margem esquerda do rio Nabão, na freguesia de Tomar (São João Baptista) e Santa Maria dos Olivais, na cidade de Tomar, Portugal.



Erguida no século XII, foi a sede da Ordem dos Templários no país, tendo servido como panteão dos mestres da Ordem. Classificada como Monumento Nacional desde 1910, é um dos exemplares mais emblemáticos da arte gótica em Portugal.


Por Bula do Papa Calisto III, de 13 de Março de 1455, foi matriz de todas a igrejas dos territórios descobertos (Ásia, África e América), ficando Santa Maria a ter honras de Diocese. .. Mais tarde, através de duas bulas, uma do Papa Nicolau V (1454) e outra do Papa Calisto III (13 de Março de 1455), foi concedida ou dada obrigação à Ordem de Cristo de estabelecer o direito espiritual sobre todas as terras encontradas pelo Reino de Portugal, como territórios "nullius diocesis", tornando esta Sé matriz de todas as igrejas matrizes dos territórios encontrados na Ásia, na África e na América, sendo-lhe conferida a honra de Sé Catedral e Diocese. A este fato não foi estranha a intensa participação da Ordem de Cristo nos Descobrimentos Portugueses.



CRONOLOGIA

"1160 - data provável da reconstrução por D. Gualdim Pais, sobre ruínas do mosteiro beneditino, da primitiva igreja de Santa Maria, sendo possivelmente dessa época a porta românica de arco de volta perfeita na fachada N.;

1195 - o Mestre da Ordem do Templo, D. Gualdim Pais, é sepultado na igreja; séc. 13 - no reinado de D. Afonso III (1248-1279), desaparece a primitiva igreja dando lugar à actual;

séc. 15 / 16 - Reinado de D. Manuel I (1495-1521), a igreja sofreu grandes reparações e alterações;

séc. 16 - Reinado de D. João III (1521-1557), conclusão sob a direcção de Fr. António de Lisboa (Frei António de Moniz e Silva) das obras iniciadas no reinado de D. Manuel: construção em 1528 do túmulo de D. Diogo Pinheiro (1525- inscrição com a data do seu falecimento); destruição dos túmulos e epigrafias dos Mestres Templários e de Cristo, ficando apenas quatro; construção da abóbada e da janela de verga golpeada da sacristia (inscrição na verga de 1543) e ampliação, com a construção a sul, da galeria corrida e das capelas laterais; construção do púlpito, porta de acesso à sacristia e coro-alto

séc. 17 - Revestimento azulejar das capelas do lado S.;

séc. 19 - Realizam-se obras de restauro tendo sido destruídas três capelas; 31 dez - aprovada a proposta do Arq. José da Cruz Lima de elaboração do estudo de restauração completa da igreja a par da da Sé de Évora (v. IPA.00002725) e de São Bento Cástris (v.IPA.00006511)."




Detalhe da Imagem de Nossa Senhora do Leite, Igreja Santa Maria dos Olivais, Thomar / Portugal


Fonte: Site monumentos.gov.pt, acessado em 30 de maio de 2021 (link: https://shorturl.at/cSRxI)

19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page